Gestão de resíduo: 5 dicas de como gerir seu resíduo de forma consciente!

gestão de resíduos

A quantidade de lixo produzida no mundo diariamente é alarmante. E, infelizmente, o planeta não é capaz de lidar com esses resíduos por conta própria. A poluição cresce, os recursos que temos disponíveis diminuem, e se torna cada dia mais urgente mudarmos nossos hábitos. Pensando nisso, trouxemos 5 dicas para te ajudar a praticar uma gestão de resíduos mais consciente! Não deixe de conferir porque quanto mais pessoas contribuindo, maior será o passo que daremos para salvar a nossa casa!

1. Evite o plástico sempre que possível

O plástico representa um problema grave em diversos sentidos. Primeiramente, às criaturas marinhas. Todos já ouvimos falar sobre o quanto o oceano está repleto desse tipo de resíduo — e o quanto a tendência é piorar.

Além de levar mil anos para se decompor, o plástico é ingerido acidentalmente pelos animais, que muitas vezes morrem por não serem capazes de digeri-lo. Mas isso não é tudo: há risco de haver microplásticos dentro dos próprios peixes que consumimos!

Mas e quando os plásticos são enviados aos aterros sanitários? Você sabia que eles liberam gases de efeito estufa durante sua decomposição?

Quando se trata de uma gestão de resíduos consciente, o plástico não deveria, sequer, ser uma opção de consumo. Então evite-o ao máximo! Esqueça dos canudos. Dispense o uso de copos descartáveis. Leve sua própria sacola reutilizável para o mercado.

Em outras palavras: torne sua gestão de resíduos mais fácil e consciente optando sempre por itens reutilizáveis e não pelo plástico!

2. Separe o lixo para a reciclagem

Essa é uma dica básica para toda gestão de resíduos consciente! E é uma prática já bastante disseminada. Uma vez que a maioria das cidades já contam com algum tipo de coleta seletiva. Por isso, não deixe de, pelo menos, separar o lixo orgânico do inorgânico. É uma atitude fácil de se pôr em prática e que faz uma diferença enorme para que os resíduos tenham um destino adequado.

3. Não podemos esquecer da gestão dos resíduos orgânicos!

Pensar no lixo orgânico também é importante! Ele corresponde a maior parcela de resíduos produzidos no Brasil e faz tão mal para a natureza quanto o lixo não orgânico! Você pode descobrir tudo sobre isso em outro de nossos blogs, mas basicamente, quando enviado aos aterros, ele gera metano e chorume. E essas duas substâncias não são nada boas para a natureza!

Como podemos, então, realizar a gestão de resíduos orgânicos da melhor maneira possível? A resposta é transformar as sobras de comida em adubo para as suas plantas! Mesmo que você não tenha um jardim, essa pode ser uma ótima oportunidade para começar. O adubo gerado a partir dos resíduos é rico em nutrientes e faz um bem imenso para as plantas e para o solo!

Para saber como fazer adubo orgânico na sua casa, visite nosso blog: Construindo um solo fértil: transformando o lixo orgânico em um adubo super nutritivo!

4. Nada de papel também

O quanto de papel você utiliza diariamente? Muito do lixo que enche os aterros sanitários é feito de papel. E assim como o plástico, nós podemos muitas vezes substituí-lo por outros produtos que duram mais! Não é assim tão difícil!

Além disso, sabe aquela folha de papel que está rabiscada em apenas um dos lados? Você pode utilizar o outro lado para fazer anotações, por exemplo. E quando for imprimir arquivos, faça isso dos dois lados da folha também!

Sempre tente rever seus hábitos. Muitas vezes cometemos erros pequenos que podem ser consertados com atitudes simples. E isso já faz toda a diferença!

5. Adote os 3 Rs da sustentabilidade

Chegando até aqui, daremos para você a dica de ouro que resume tudo o que vimos até agora para uma gestão de resíduos consciente: adotar os 3 Rs da sustentabilidade! São eles: Reduzir, Reutilizar e Reciclar!

Nem todo o lixo da sua casa é lixo de verdade. Muito pode ser usado para criar coisas novas — como vasos de plantas, móveis e o que mais a imaginação permitir. Muitos desses “resíduos” também estão em boas condições e podem ser doados.

E nem tudo o que compramos, precisamos de verdade. Então rever nossos hábitos de consumo também é fundamental!

O que achou das nossas dicas? Acha que consegue colocá-las em prática? O planeta está contando com você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *